Do telhado à cisterna ideal: 10 dicas para coletar água da chuva de forma rápida e segura

O verão se aproxima e, com ele, o sempre indesejável período de estiagem também aparece, principalmente em regiões como o Centro- Oeste e o Nordeste. Com isso, o uso racional da água é essencial.

E para enfrentar esse problema, captar água da chuva é uma solução das mais práticas por dois motivos: uma vez que não deve ser consumida por humanos, ela pode ser usada para limpar o quintal da sua casa, dar descarga, lavar seu carro, realizar uma faxina ou regar suas plantas. Além disso, ela gera uma economia de até 50% na conta, já que você deixa de usar água potável para realizar essas tarefas.

E com as dicas abaixo, você aprenderá como coletar água da chuva de forma rápida e segura para sua casa. A natureza (e seu bolso) agradece.

1 – Cheque periodicamente se o telhado da sua casa está limpo. Afinal de contas, essa área será a fonte principal para captar a água da chuva. Caso você note uma sujeira excessiva, providencie uma rápida limpeza;

2 – Certifique-se de que as calhas estejam devidamente limpas. Estes compartimentos são os que acumulam um maior volume de detritos e sujeira, uma vez que elas são as receptoras da água proveniente do telhado. O ideal é que você limpe essa área, ao menos, uma vez por mês;

3 – Cheque sempre à previsão do tempo para realizar a limpeza dos dois itens citados acima;

4 – Evite coletar a água nos dez primeiros minutos de chuva. É nesse volume que estão concentrados os maiores índices de sujeira e que podem sobrecarregar os filtros das cisternas;

5 – Escolha a cisterna ideal para a sua casa. Aquelas que podem ser instaladas sob o chão tem a vantagem de manter a água acumulada em temperaturas mais baixas, já que elas não sofrem a influência da luz do sol. Mas se você optar por implantá-la no nível do solo (alguma área do seu quintal ou garagem), opte por modelos feitos com modelos mais resistentes, que resistem às chuvas mais fortes e detritos.

6 – Para escolher a cisterna adequada à sua casa, cheque primeiro a capacidade do outro reservatório da sua casa, no caso, a caixa d´água. Dessa forma, você pode escolher um modelo que complemente o uso doméstico para fins de limpeza. É possível encontrar modelos com capacidades que variam entre 2.800 a 10.000 litros.

7 – Para definir o tamanho ideal da cisterna para a sua casa, a regra mais confiável é o chamado Método de Rippl. Clique aqui para saber como aplicá-lo com eficiência.

8 – Existem modelos de cisternas para todos os bolsos. O que diferencia uns dos outros é a capacidade de armazenamento, os recursos de filtragem e a capacidade de distribuição da água acumulada.

9 – Assim que a água for coletada, tente usá-la o quanto antes. Caso isso não seja feito, mantenha-a sempre em ambientes fechados para impedir o acúmulo de transmissores de doença, como o já conhecido mosquito da dengue.

10 – Se você não tiver experiência na instalação das cisternas, é recomendável que procure a ajuda de um profissional que esteja capacitado para este tipo de procedimento.

Para saber mais sobre os melhores produtos – e práticas – do mercado de consumo, uso e descarte de água, acompanhe as novidades do nosso site.

 

Produtos relacionados:

[ux_products ids=”6144,6148,7123,7131″]

GOSTOU DO NOSSO POST?

Compartilhar no whatsapp
Envie pelo Whastapp
Compartilhar no facebook
Compartilhe no Facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhe no Twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhe no Linkdin
Compartilhar no pinterest
Compartilhe no Pinterest
Compartilhar no skype
Envie pelo Skype

DEIXE EU COMENTÁRIO